Machu Picchu

Ruínas de Machu Picchu, Peru, 2009

Das fotos que tirei em Machu Picchu, esta é a que mais gosto, apesar de não mostrar as características mais notáveis de suas ruínas — seu tamanho, complexidade e o fato de estar enxertada em meio às montanhas. Desse mesmo ponto, mas na direção oposta, se avista a cidade inteira, para onde todos (inclusive eu) apontam as suas máquinas primeiro, enquanto o guia começa a explicação histórica.

Quando virei a cabeça, contudo, fiquei interessado pela cena que vi acima. Essa outra perspectiva dos múltiplos níveis de elevação revela-os como linhas verdes de relva, entrepostos por largas faixas de rochas. Gostaria que fosse possível posicionar a câmera em uma altura que diminuísse a espessura da primeira faixa de grama (em primeiro plano) e aumentasse a da segunda, mas além de inatingível, tal posição talvez interferisse demais na parte superior da foto. Cogitei um enquadramento sem a primeira terça parte inferior, talvez até em formato paisagem, mas acabei optando pelo original, com denotação mais forte de profundidade.

O filtro polarizador se encarregou de escurecer o céu, trazendo-o para os meios-tons e evidenciando as nuvens. Também reduziu os reflexos nas pedras, removendo altas-luzes detrimentes e valorizando sua textura. Me apressei para bater a foto antes que as pessoas descessem, pois queria a presença delas como elemento de escala e quebra, com as roupas coloridas pontuando a linha do caminho da descida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s