Foto de Köln sem a dom

Colônia, Alemanha, 2007

O ideal para fotografia de paisagens é o uso de um tripé, especialmente para fotos noturnas. Em muitas situações, contudo, o tripé se torna demasiado incômodo (principalmente para mochileiros), mas em muitos casos é possível improvisar. Algumas vezes o ambiente oferece alternativas para fixação da máquina.

Para fazer a foto acima coloquei a câmera sobre o parapeito da ponte onde eu estava. A luz da igreja era muito fraca, mas percebendo que a câmera estava bem fixada, parti de ISO 100 visando minimizar o ruído randômico. Em f/5,6 o fotômetro me indicava 30 segundos (o tempo de exposição máxima que a câmera determinaria automaticamente), o que também seria bom para suavizar as ondulações da água do rio. Cogitei trocar para o modo M e definir velocidade em bulb para que pudesse usar uma abertura menor, mas tinha um certo medo de precisar de várias tentativas, e havia uma certa pressão implícita para que me apressasse, uma vez que estava com amigos apenas de passagem por ali.

Procurei uma posição ao longo da ponte que me possibilitasse o ângulo desejado, em que a igreja e o barco ocupassem uma porção razoável do quadro mas ainda fosse possível ver as casas e árvores ao longo da margem. Defini então uma distância focal na medida certa para excluir do quadro o parapeito.

Minha próxima preocupação eram os trens que passavam na ponte quase todo minuto, o que fazia com que toda a estrutura tremesse muito mais do que se segurasse a câmera na mão. Quanto a isso não havia o que fazer, e eu preferia me arriscar e ter de fazer mais tentativas a aumentar o ISO de imediato. Por sorte, já durante a primeira tentativa não passou nenhum trem. Depois de uma foto bem-sucedida, contive a tentação recorrente de ir até f/8, que eu julgava ser o sweet spot da lente na época, e me apressei para alcançar o grupo. Imagino que se tivesse feito a foto em f/8 teria apagado a anterior, o que se provaria como uma decisão infeliz: descobri posteriormente que o sweet spot daquela lente naquela distância focal (35mm) não era f/8, e sim justamente f/5,6.

Anúncios

2 respostas em “Foto de Köln sem a dom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s